Postagens

Por que a CPI da Covid citou Silas Malafaia?

Imagem
  Nesta quarta-feira (12), o ex-secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, depôs na CPI da Covid. O depoimento de Wajngarten foi marcado por muita discussão e até troca de insultos envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o relator da CPI, o senador Renan Calheiros (MDB-AL). Fabio Wajngarten em depoimento na CPI (Reprodução) O nome do pastor bolsonarista  Silas Malafaia  foi citado pelo ex-secretário logo no início da sua fala. Além do pastor, ele também citou o nome do missionário  R.R. Soares . Wajngarten disse que se aconselha com o pastor Silas Malafaia e com o missionário R.R Soares, e ressaltou que frequenta as reuniões do Templo de Salomão em São Paulo. Ele também exaltou  Bolsonaro , dizendo que participou de um governo temente a Deus, e que protege a família sempre em nome da pátria. “Rezo todos os dias, além disso frequento as reuniões do Templo de Salomão em São Paulo, que me ensinou a ser forte e ser crente. Me aconselho com o pastor Malafa

Profecia e Misticismo

“Porque assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Não vos enganem os vossos profetas que estão no meio de vós, nem os vossos adivinhos, nem deis ouvidos aos vossos sonhos que sonhais”. Jeremias 29:8. Verdade Prática: Embora o sobrenatural fascine o ser humano, muito do que ocorre nesse âmbito, não procede de Deus. Texto bíblico base para leitura em classe: Deuteronômio 13:1-5; 18:10-12. Misticismo é pagão; é um sistema mágico e mecânico; não vem das livres expressões do amor e da confiança, mas sim das mecânicas de suposta manipulação do mundo espiritual; o que não passa de macumba. Mística, todavia, é a certeza da companhia invisível...; e é o discernimento das presenças e sinais de tamanha delicadeza que somente os discerne quem anda aberto para eles..., pela fé. Balaão era crente no misticismo, por exemplo. Já Ezequiel, Zacarias, Maria, Paulo e tantos outros, eram apenas seres místicos; ou seja: abertos para certezas de coisas que se esperam e capazes de, pela fé, verem as

Subsídio para EBD - O Ministério de Profeta

Imagem
  Quando se lê o Antigo Testamento, vemos que os profetas não foram meros microfones que amplificavam e decodificavam o falar de Deus, mas gente com uma cultura, temperamento e individualidade. A tarefa do profeta não se resumia em transmitir o ponto de vista divino. Ele era o referencial do povo. O profeta em Israel não vaticinava apenas. Ele era também poeta, pregador, patriota, crítico social. Iniciavam suas profecias com juízo mas sempre concluíam com esperança e redenção. O profeta não repetia jargões, não perpetuava o que já fora dito, mas pensava fora dos paradigmas. Não era convencional. A mágica de suas palavras vinha de sua intuição, de seu inconformismo e da largura de seus anseios. Inúmeras vezes a linguagem do profeta foi hiperbólica. O exagero era uma maneira de mostrar sua angústia, seu desespero de não se acovardar diante do iminente fracasso nacional. Meu apetite em ler os profetas fez nascer em mim o desejo de vê-los entre nós. Entendo que o ministério profético com a

Malafaia faz lobby no Supremo contra Humberto Martins

Imagem
Foto: Isac Nóbrega/PR Depois de pedir diretamente a  Jair Bolsonaro , o pastor  Silas Malafaia  agora tenta convencer ministros do Supremo de que  Humberto Martins  não é um bom nome para ocupar a cadeira que será deixada por  Marco Aurélio  em 5 de julho. O pastor tem dito em conversas reservadas que não quer um  “evangélico herege”  como ministro do  STF , em referência aos adventistas. Humberto Martins , atual presidente do  STJ , é  adventista  e tem seu nome cotado para a vaga que será deixada por Marco Aurélio Mello a partir de 6 de julho. Malafaia  já  disse  a  O Antagonista  que o presidente do  STJ  não tem aprovação do mundo evangélico para ocupar uma vaga no STF. Como já   informou   O Antagonista ,  Jair Bolsonaro  tem sido aconselhado a nomear o presidente do   STJ  para   o Supremo.  O filho 01 do presidente,  Flávio Bolsonaro,  confirmou publicamente que os nomes preferidos do pai são os de  André Mendonça e Humberto Martins.  O AGU, porém, é rejeitado por Gilmar Mendes

Em derrota do governo e de Bia Kicis, deputados rejeitam projeto de impeachment de ministros do STF

Imagem
 Deputada que votou contra a proposta lembrou a proteção das minorias, enquanto relatora criticou ativismo judicial do STF 05/05/2021 - 17:45   Will Shutter/Câmara dos Deputados A CCJ rejeitou por maioria apertada o projeto de lei Por 33 votos a 32, a maioria dos deputados da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara decidiu rejeitar proposta que estabelecia a possibilidade de impeachment de ministros do Supremo Federal Tribunal (STF) que usurpassem competência do Congresso Nacional. O parecer derrotado foi apresentado pela deputada Chris Tonietto (PSL-RJ) ao Projeto de Lei 4754/16   de autoria do deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) e outros. O texto era um substitutivo ao original, e estabelecia, na lei que define os crimes de responsabilidade ( Lei 1.079/50 ), que “usurpar competência do Congresso Nacional” seria crime de

Subsídio para EBD - O ministério de Apóstolo

Imagem
  Uma pergunta enviada foi a seguinte: "Amado, eu gostaria de saber do irmão—sem espírito de crítica e zombaria—sobre o "Ministério Apostólico" que está se desenvolvendo nestes últimos anos; pois o grande problema é que não há muita informação bíblico-exegético-teológica sobre o assunto. E até os próprios apóstolos do Brasil não sabem explicar, biblicamente, a razão de seus apostolados. Em Cristo".  Resposta:  Meu amado irmão: Graça e Paz! Você é um apóstolo, se você é um enviado para pregar a Palavra onde ela não foi ouvida! Nesse sentido, você pode ser apóstolo de sua casa, de seu bairro e de sua vizinhança, mas apenas neste sentido; e nunca usando disso como um “título”, mas exclusivamente andando no espírito do apostolado.  Na língua grega “apóstolo” quer dizer, simplesmente, “enviado”. Ou seja, qualquer pessoa enviada para qualquer tarefa, é um “apóstolo” no sentido normal da palavra grega. Porém, na linguagem do Novo Testamento a palavra “apóstolo” é usada par

China implanta '1984' na prática, e Ocidente precisa impedir, diz Hillary

Imagem
  *ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL 17-04-2012 - Hillary Clinton. (Foto: Sergio Lima/Folhapress) BRUXELAS, BÉLGICA (FOLHAPRESS) - A China está se transformando no maior "Estado de vigilância" da história e as democracias precisam contê-la, afirmou nesta terça (4) Hillary Clinton, ex-secretária de Estado dos EUA (2009-2013). "É tão '1984' [romance distópico do britânico George Orwell que descreve um Estado dominado pelo Grande Irmão]! Milhões de chineses estão sendo constantemente controlados, advertidos, punidos. Está saindo do controle", afirmou a política americana, fazendo menção ao uso pelo governo chinês de câmeras de vigilância, reconhecimento facial e monitoramento de celulares e dados. A polícia chinesa também está colhendo amostras de sangue de cerca de 700 milhões de homens e meninos, para construir um mapa genético de sua população masculina, que será usado como nova ferramenta de controle. Em debate sobre o futuro das democracias liberais promovido