Postagens

Mostrando postagens de Agosto 31, 2008

ENTREVISTA VIRTUAL

Fui entrevistado recentemente pela Maya, em seu blog: mayalufelix.blogspot.com/ Foram 10 perguntas, sobre temas variados que respondi. Ela já foi postado no blog da Maya, mas estarei postando-a aqui também. Abaixo a entrevista: 1. Se você pudesse ter escolhido, em que época teria vivido (pode escolher ano, década, período no passado, no presente ou no futuro)? Quando mais jovem, pensava que deveria ter nascido nos anos 40 ou 50, para ter participado daquele momento histórico da década de 60, quando houve uma verdadeira revolução na cultura e no pensamento daquela geração. Mas hoje, penso diferente, gosto de ter nascido na época que nasci (fins dos anos 60), estar vendo as grandes transformações do mundo dos últimos 20 anos. 2. Rock'n roll: Não sou roqueiro, o mais próximo que já cheguei do rock, foi na adolescência gostar da música de Elvis Presley e dos Beatles. 3. Morar junto, em vez de casamento oficial: Eu vejo assim, se duas pessoas se amam e querem viver junto, sendo qu

O SOCORRO NA ANGÚSTIA

Quero compartilhar com todos, uma mensagem que Deus pôs no meu coração, baseada no livro de Salmos capítulo 46, versículos 1 a 7: "Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia; pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares; ainda que as águas rujam e se pertubem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza; há uma rio cujas correntes, alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo; Deus está no meio dela não será abalada. Deus a ajudará ao romper da manhã; os gentios se embraveceram, os reinos se embraveceram, os reinos se moveram, ele levantou a sua voz e a terra se derreteu; O Senhor dos Exercítos está conosco, o Deus de Jacó é nosso refúgio". Qual é a sua segurança? Qual é o seu porto seguro? Vivemos em uma sociedade que é assaltada pelo medo, pela depressão, pelas incertezas das mais diversas. O salmista disse em outra ocasião: De onde me virá o socorro? O meu so