Postagens

Mostrando postagens de Outubro 5, 2008

PRÊMIO BUTTERFLY AWARD

Depois do prêmio Dardos, fui indicado a um segundo selo, pelo Lucimauro (Lucimauro*Assembléia de Deus) a premiação "Butterfly Award: for the coolest blog I ever know" (para o blog mais legal que eu já vi). Agradeço de coração a esta indicação. Na minha indicação a este prêmio, selo, cito blogs que, também têm um conteúdo saudável: Práxis Cristã; Point Rhema; Sinergismo;. Celebrai!; Logo News; Blog do JP; Eliseu Antonio Gomes. As regras para aceitar esta premiação: 1)Colocar este logo no seu blog; 2)Adicionar o link do blog que lhe ofereceu o prêmio; 3)Indicar no mínimo 7 outros blogs; 4)Adicionar no seu blog os links destes outros blogs que acabou de premiar; 5)Comunicar os premiados.

O DRAMA DO SOFRIMENTO

Um dos livros mais antigos do mundo diz que “o homem nasce para as dificuldades, assim como as faíscas voam para cima”. (Jó 5:7). Jamais estas palavras foram tão verdadeiras quanto hoje. O mundo todo está suspirando e sofrendo numa escala talvez desconhecida na história humana: os refugiados, os famintos, os “novos escravos”, os problemas psicológicos, os turbilhões emocionais, os casamentos desfeitos, as crianças rebeldes, o terrorismo, os reféns, as guerras e mais mil outras dificuldades que afligem todos os países do mundo. Não existe ninguém em canto algum, que esteja imune. Os ricos, os famosos, sofrem como os pobres e obscuros. Como disse o falecido ator Peter Sellers: “por trás da máscara de todos nós, palhaços, estão a tristeza e corações partidos”. Parece que a raça humana, está se dirigindo para o clímax das lágrimas, mágoas e feridas acumuladas no decorrer dos séculos – o Armagedom! O sofrimento é o destino comum das pessoas em toda a parte – tanto dos crentes quanto dos de

CONVERTIDOS OU CONVENCIDOS?

Os americanos gostam muito de pesquisa de opinião. Recentemente um comentário sobre o livro: “O escândalo da consciência evangélica”, de Ronald Sider, no qual, a partir de dados estatísticos colhidos em pesquisas encomendadas aos institutos Gallup e Barna, além de levantamentos feitos por universidades, o autor traça um retrato da Igreja Evangélica nos Estados Unidos. E a conclusão é trágica. As pesquisas indicaram que o padrão de comportamento dos cristãos – não os nominais, mas aqueles que, afirmam ter nascido de novo e que participam regularmente de suas igrejas – não é em nada diferente daqueles que se declaram não-cristãos. O índice de casos de divórcio e adultério e o uso de pornografia entre os adultos cristãos e os não-cristãos é o mesmo. O percentual de doações que os cristãos fazem em suas igrejas caiu ao mesmo tempo em que a renda per capita aumentou muitíssimo, o que mostra que o materialismo e o estilo de vida individualista entre eles não diferem muito do daqueles que se