Postagens

Mostrando postagens de Julho 3, 2011

A "mocidade" assembleiana em crise!

O excelente artigo abaixo foi escrito pelo Gutierres do blog "Teologia Pentecostal" - (teologiapentecostal.blogspot.com). Um assunto bem oportuno, que depois no final eu dou meu comentário: "Este artigo é fruto de inúmeras conversas informais que tive com jovens e líderes de jovens nos últimos dias. A denominação Assembleia de Deus vive uma crise com a sua juventude. É provável que outras igrejas estejam passando por algo parecido, mas não posso falar por falta de vivência nas demais denominações cristãs. Faço parte dessa juventude. Hoje tenho 22 anos, mas entrei na “mocidade” da igreja com a idade de 13 anos. Nesses 11 anos de vivência entre jovens percebo uma crise que se aprofundou com o passar do tempo. Os bancos de “mocidade” estão cada vez mais vazios e os jovens cada vez menos ativos e desinteressados. Quero apontar, neste artigo, alguns fatores que acredito colaborarem com essa crise. Mensagem descontextualizada Na minha opinião a mensagem descontextualiza

Jornal diz que Pastor Silas Malafaia pode ser cadidato a prefeito do Rio de Janeiro

Imagem
O jornal carioca O Dia noticiou em seu site nesta segunda-feira que o Pastor Silas Malafaia, líder da Igreja Vitória em Cristo, estaria analisando uma proposta para se candidatar ao cargo de prefeito da cidade do Rio de Janeiro nas eleições de 2012. A matéria foi escrita pelo jornalista Fernando Molica. Segundo o veículo a informação teria sido retirada de uma fonte nos bastidores do meio político do estado. Não foi informado por qual partido o apresentador do programa Vitória em Cristo concorreria e nem maiores informações sobre a suposta candidatura. A notícia ainda descreve o Pastor como “aquele mesmo que andou espalhando outdoors contra homossexuais” e lembra que ele é irmão do também pastor Samuel Malafaia, deputado estadual eleito pelo Rio de Janeiro. Procurado, o próprio Pastor Silas Malafaia afirmou que não quer se candidatar a cargo político algum e classificou a matéria do O Dia como “mais uma mentira deslavada” e completou: “é parar rir!” O Pastor Silas também lembrou