Deus predestinou uns para salvação e outros não - É isso que a Bíblia diz?

Antes de começarmos a análise, convém que vejamos algumas definições:

O que é livre arbítrio?
Livre arbítrio é um princípio bíblico que declara que o homem é livre para tomar decisões, para decidir a questão do seu destino.

O que é predestinação?
Predestinação pode ser definida no sentido geral e no sentido bíblico. No consenso popular, seria crer que Deus traçou um plano para nossa vida e devemos segui-lo sem o direito da escolha. Em outras palavras - somos autômatos, desempenhando um papel previamente estabelecido por Deus. No sentido bíblico, a predestinação seria o decreto de Deus que possibilita a salvação a todos os que aceitarem a Cristo.
Calvino, ampliando idéias já antes defendidas por Santo Agostinho, afirmou que desde a antiguidade Deus estabeleceu dois decretos: Um selecionando um grupo para a salvação ou vida eterna, e um outro decreto selecionando aqueles que serão destruídos. O próprio Calvino qualificou-o como "o terrível decreto de Deus".
Estaria este ensino em harmonia com as doutrinas bíblicas? De modo nenhum! Porque a dupla predestinação ensina que se não fomos arbitrariamente escolhidos para a salvação, não há esperança, ainda que busquemos ardentemente esta graça!
Em sua apostila "Predestinação Bíblica", Hans K. La Rondelle nos diz: "A doutrina da predestinação de uns para o bem e a felicidade e de outros para o mal e infelicidade, parece ter nascido da necessidade de alguns teólogos de conciliarem a misericórdia com a justiça Divina. Deus é justo com os que predestina ao mal e misericordioso com os que predestina a salvação. As passagens de Isaías 1:27 e Rom. 3:25 negam que a misericórdia e a justiça sejam atributos divinos distintos; Deus não é metade misericórdia e metade justiça, mas inteiramente misericórdia e inteiramente justiça"

Vejamos agora as passagens e fatos bíblicos usados pelos defensores da predestinação calvinista para a perdição: Prov. 16:4; Rom. 9:18; 8:29 e 30; Ef. 1:5,11
Dentre os fatos citados, estes se destacam:
  • O endurecimento do coração de Faraó;
  • Judas predestinado a trair Jesus;
  • A declaração de Rom. 9:13: Amei a Jacó, porém me aborreci de Esaú
A palavra predestinação não aparece na bíblia, mas o verbo predestinar, em grego "proorizo", é empregado quatro vezes, isto é, em Rom. 8:29 e 30; Ef. 1:5,11 (alguns manuscritos o trazem também em Atos 4:28 e I Cor. 2:7). A palavra é formada de "pró", que significa "antes" e o verbo "horizo", que significa "definir, limitar". Este verbo é usado na palavra horizonte, como círculo limitante do campo da nossa observação. "Proorizo" pode ser traduzido por demarcar de antemão, ser determinado anteriormente.
Três úteis princípios hermenêuticos nos ajudarão a compreender o problema da predestinação:
  1. É a regra áurea da interpretação, chamada por Orígenes de "Analogia da Fé". O texto deve ser interpretado através do conjunto das Escrituras, e nunca através de passagens isoladas. Não podemos basear uma doutrina numa só passagem.
  2. Para compreender bem uma passagem é preciso consultar as passagens paralelas. São aquelas que tratam do mesmo assunto.
  3. Observar bem o contexto. Analisar o que vem antes e depois, para se saber do que o autor está tratando.
Vamos ilustrar com exemplos bíblicos estes três princípios, para esclarecer o assunto em pauta:
1 - Analisando Provérbios:
"O Senhor fez todas as coisas para determinados fins, e até o perverso para o dia da calamidade" Prov. 16:4

Porém, notemos o seguinte:
"... Deus fez o homem reto, mas ele se meteu em muitas astúcias" Ecles. 7:29

Deus de modo algum é o originador do mal, mas os que escolhem a impiedade por sua própria vontade, Deus os destruirá.
2 - Este princípio pode ser ilustrado com Rom. 9:18, "Logo, tem Ele misericórdia de quem quer, e também endurece a quem lhe apraz" Coloquemos agora ao lado as seguintes passagens: "Para com o benigno te mostras benigno, e para com o homem perfeito te mostras perfeito. Para com o puro te mostras puro, e para com o perverso, inflexível*." Sal. 18:25,26 *(outras traduções dizem "contrário")
"Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos; volte-se ao Senhor, que se compadecerá dele; e para o nosso Deus, porque é generoso em perdoar." Isa. 55:7
Fica claro pelas passagens acima, com quem Deus quer ser misericordioso e com quem Ele é "inflexível". Estas passagens nos mostram que com os benígnos Ele é benigno, mas que é inflexível com os perversos e impenitentes.
Êxodo 4:21 e 7:3 afirma que Deus endureceu o coração de Faraó. O que temos aqui é um idiomatismo hebraico, ou seja, o verbo usado não é para expressar a execução de algo, mas a permissão para fazer isso. Por exemplo: Êxo. 5:22 diz: "Ó Senhor, por que afligiste a este povo?" (isto é, por que toleraste que fosse afligido?).

Como se não bastasse isso, temos também as seguintes passagens que mostram que foi Faraó que endureceu o seu próprio coração:
"Endureceu-se, porém, o coração de Faraó, e ele não os ouviu, como o Senhor tinha dito." Êxodo 7:13
"Mas o mesmo fizeram também os magos do Egito com os seus encantamentos; de maneira que o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o Senhor tinha dito." Êxodo 7:22
"Mas endureceu Faraó ainda esta vez o seu coração, e não deixou ir o povo." 8:32

3 - O contexto das passagens de Romanos e Efésios, que falam da predestinação, é claro em nos mostrar que todos nós fomos predestinados para a salvação. Paulo nos diz que Deus através de Cristo nos predestinou para que fôssemos Seus filhos por adoção.
Deus tem um propósito para este mundo e para cada pessoa individualmente. Este propósito é que todos cheguem ao conhecimento da verdade e se salvem.
"Deus não deseja que alguém se perca" II Pedro 3:9
Também é afirmado que Judas estava predestinado a trair Jesus, por isso ele não era livre para escolher.
A bíblia não diz que estava predestinado que Judas o trairia. Embora a morte de Cristo fosse pré-ordenada ("...o cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo" Apoc. 13:8), Pilatos e Judas não precisavam ter sido instrumentos dessa morte, eles eram livres para aceitá-lo ou colaborarem na sua condenação.
Outra passagem muito citada pelos calvinistas para a dupla predestinação é Rom. 9:13 "Amei a Jacó, porém me aborreci de Esaú". Afirmam que antes do nascimento, um é predestinado para a salvação e outro para a condenação. Esta é uma conclusão simplista e anti-bíblica, porque:
  1. Esta citação de Paulo foi tirada de Malaquias 1:2-3, a qual foi escrita mais ou menos 1000 anos depois que eles viveram (Esaú e Jacó), ou seja, Malaquias não escreveu uma profecia, mas apenas relatou um fato histórico.
  2. Malaquias não está falando de Esaú e Jacó como duas pessoas, mas de dois povos distintos: israelitas e edômitas. Jacó está representando o povo do concerto e Esaú os incrédulos e inimigos de Deus. O aborrecimento de Deus por Esaú - ou melhor pelos seus descendentes - foi após um milênio de paciência.
Paulo declara que Jacó foi escolhido para uma função, para representar um papel de destaque na história do povo de Deus. Rom.9:11,12
Os versos 34 e 41 de Mateus 25 contradizem frontalmente a dupla predestinação de Calvino, acompanhe:
Verso 34: "então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita:'Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo'"
Notemos que a herança nos está preparada desde a fundação do mundo. Isto sugere a predestinação para a salvação. Agora, vejamos o versículo 41:
"... apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seu anjos"
Se houvesse a dupla predestinação, a afirmativa de Cristo seria: "preparado para vós desde a fundação do mundo". Mas o que lemos é que o fogo foi preparado para o diabo e seus anjos, e não para o homem!
Outra declaração importante de Paulo, que precisa ser bem compreendida é a de Rom. 9:22,23.
O verso 22 fala dos vasos da ira preparados para a perdição, mas Deus os suportou com muita longanimidade.
No verso 23 há o relato dos vasos da glória, preparados previamente. A bíblia nos prova de maneira inequívoca que os vasos da ira não foram feitos por Deus para a destruição. Basta ler as passagens paralelas de Romanos 2:4 e 5, onde Paulo nos fala que Deus trabalha para a salvação do homem, mas o próprio homem endurece o seu coração para o dia de ira:
"Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te conduz ao arrependimento? Mas, segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus" Rom 2:4,5

Se existe alguma predestinação bíblica, sem dúvida é esta:
Em Adão todos são predestinados para a perdição - "Pois como em Adão todos morrem, do mesmo modo em Cristo todos serão vivificados. " I Cor. 15:22
Em Cristo todos são predestinados para a salvação - "Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;" João 1:12
Algumas provas bíblicas contra a predestinação calvinista.
Dentre as várias citações bíblicas que contradizem o errôneo ensino de Deus haver predestinado pessoas para a perdição, as 11 seguintes devem ser destacadas, por sua objetividade e clareza:
  1. I Tim 2:4 "O qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade"
    O relato de Paulo não deixa dúvidas. Sua declaração nos leva a afirmar que ninguém foi designado para a perdição.
  2. II Pedro 3:9 "... não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento"
    É impossível harmonizar - Deus não deseja que ninguém se perca - com a idéia de que Ele escolhe pessoas para serem destruídas.
  3. Apoc. 22:17 "... quem quiser receba de graça a água da vida"
    Todos têm a oportunidade, graças a Deus! Aqui entra em cena a vontade pessoal. Querer é um verbo que indica vontade, portanto a pessoa escolhe; não aparece imposição.
  4. João 3:16 "... para todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna"
    Deus decretou que todos os que aceitarem a Cristo se salvem. Não decretou que todos devem aceitar a salvação que Ele oferece. Deus não força a vontade de ninguém.
  5. Ezequiel 18:32 "Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o Senhor Deus. Portanto convertei-vos e vivei"
    Deus tem prazer na Salvação, nunca na perdição. Se não respeitasse a vontade dos homens, Ele salvaria a todos.
  6. Mateus 7:21 "nem todo o que diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos Céus"
    Muitos não serão salvos, não porque estão "predestinados", mas porque não aceitam as condições da salvação.
  7. Jeremias 21:8 "... Eis que ponho diante de vós o caminho da vida e o caminho da morte"
    Para que dois caminhos, se a sorte de cada um já foi traçada antes?
  8. Apoc. 2:10 "...Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida"
    Notem que a salvação também depende de nós, da nossa perseverança.
  9. Atos 17:30 "... agora, porém notificai aos homens que todos em toda parte se arrependam"
    Notemos o convite para o arrependimento é para todos.
  10. Paulo declara em Tito 2:11 "que a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens."
    Mais uma vez, a graça de Deus é para TODOS!
  11. I Tes. 5:9 "Porquê Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo"
    Esta declaração, por si só, já faria desmoronar a teoria calvinista.
Também não poderíamos terminar este estudo, sem antes analisarmos a Eleição e Vocação.
  • Vocação é o chamado
  • Eleição é a escolha
A Bíblia esta repleta de exemplos, de que a eleição, tanto de um povo, como de indivíduos é para o serviço, para o desempenho de um papel no plano da salvação, para ser bênção aos outros e não simplismente um privilégio. Ver Gen. 12:2
Israel foi eleito como um povo para especial serviço. Deut. 4:37; 7:6-8
Alguns exemplos de pessoas eleitas para a execução de um trabalho especial:
  1. Moisés - Êxodo 3
  2. Os Sacerdotes - Deut. 18:5
  3. Os reis - I sam. 10:24
  4. Os profetas - Jer. 1:5
  5. Os apóstolos João 6:70
Algumas verdades que não podem ser ignoradas quanto à eleição:
  1. A eleição de Deus inclui todo o mundo. I Tim 2:4,6; II Cor 5:14-15
    Deus não elegeu ou predestinou apenas aqueles que eram dignos de Sua graça. Mas elegeu o indigno, ele elegeu o iníquo, ele elegeu os Seus inimigos. "Pois, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu a seu tempo pelos ímpios." Rom. 5:6 "Porque se nós, quando éramos inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida. " Rom. 5:10
  2. Deus nos escolhe para o serviço na base do caráter e não em bases pessoais. Nós nos elegemos, quando pelo poder de Cristo atingimos o padrão que ele estabeleceu.
  3. A escolha de uma pessoa, não significa a rejeição de outras. A escolha de Israel não significou a rejeição dos gentios. Ao escolher Israel Deus desejava que por seu intermédio outras nações pudessem ser participantes de sua graça.
Assim, há um duplo propósito na eleição:
  • Para a salvação dos eleitos - Rom 11:7-11; II Tes. 2:13
  • Para a glória de Deus - Ef. 1:6,12,14
Para terminar, só uma pequena história. Conta-se que um membro velho, de poucos conhecimentos teológicos, foi interrogado sobre a nossa parte no plano da salvação. Disse ele:
"Bem, há uma eleição onde Deus está votando a nosso favor, e o diabo votando para a nossa perdição. Do lado em que pussermos o nosso voto, esse ganhará a eleição."
Uma resposta simples, mas profunda. A qual mostra perfeitamente nossa parte no plano da salvação.

Comentários

  1. SOU PRESBITERIANA, MAIS TENHO MUITAS DUVIDAS SOBRE ESSA DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO. ESSE ESTUDO FOI SEM DUVIDA, UM ESCLARECIMENTO SOBRE AS MINHAS DUVIDAS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou frequentando a presbiteriana,mas têm assuntos difícil de engolir.Por exemplo a fé.Fé ,penso eu ,todo ser humano nasce capacitado e necessitado de crer em DEUS,que também isto é dom de Deus.Já eles ensinam que a fé vem após a regeneração que Deus opera nos eleitos.Ora ,como pode ser isso,se DEUS condenará toda incredulidade no filho de Deus,JESUS??

      Excluir
    2. Moisés e Faraó eram assassinos, um foi para libertar o povo e o outro aprisionou o povo. Moisés lançou 10 pragas para que Faraó libertasse o povo, e mesmo assim Faraó ñ aceitou, o próprio Faraó endureceu o coração, ele poderia ter cedido na primeira vez, mas ñ o fez, ele teve o livre arbítrio, mas ñ o quis, preferiu ser duro de coração.

      Excluir
  2. Apocalipse 2.10 não
    tá falando de salvação, mas de galardão

    ResponderExcluir
  3. A fé é um dom natural de Deus ao homem ou um dom recebido de DEUS somente na conversão??

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da matéria, foi muito detalhada e principalmente fundamentada nas escrituras sagradas...
    Tinha pesquisado sobre o assunto,mas,falava da teoria de Calvino...
    Gostaria de saber,se é possível imprimir?

    ResponderExcluir
  5. O autor se equivocou ao declarar que a salvação também depende de nós. Esse não é o contexto de Apoc. 2:10.

    "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus."

    Efésios 2:8

    ResponderExcluir
  6. O ESTUDO FOI BEM RASO E NÃO ABRANGEU A PROFUNDEZA DO ASSUNTO.

    ResponderExcluir
  7. O estudo foi raso mesmo, mais profundidade para entender só lá na eternidade, aqui é só debate teológico mesmo. O apóstolo Paulo ao encerrar Romanos 11, termina assim: Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!
    Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro?
    Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado?
    Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.

    Romanos 11:33-36.

    ResponderExcluir
  8. eu sou um predestinado ao inferno exemplo disso e minha depravacao mental , ao ler a biblia e ao olhar pro pupito me vem blasfemia com a trindade

    ResponderExcluir
  9. Você não é um predestinado ao inferno. Procure alimentar sua mente apenas de coisas positivas. Ore ao Senhor e peça que ilumine sua mente e leia a Bíblia não como quem lê uma caixinha de promessa. Leia ela de forma contínua. Comece em Mateus e vai lendo até o fim dos evangelhos. Leia os Salmos da mesma forma e por fim toda a Bíblia. Que Deus possa guardar sua mente em paz com Cristo.

    ResponderExcluir
  10. Ainda tenho dúvidas sobre a predestinação. A bíblia diz que DEUS não quer que ninguém se perca mas fez o justo para a salvação e o ímpio para a perdição. Como isso se explica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É LÓGICO QUE DEUS NÃO CONDENARÁ O JUSTO.QUEM É ESSE JUSTO?E O DESTINO DO ÍMPIO SÓ PODE SER O INFERNO,MAS AMBOS FORAM FEITOS À IMAGEM DE DEUS E A CAPACIDADE DE CRER EXISTE EM CADA UM,É DOM DE DEUS.

      Excluir
  11. SE A FÉ FOI DADA PARA UNS E OUTROS NÃO,POR QUE DEUS CONDENARÁ MUITOS PELA INCREDULIDADE?VOCÊS QUE DEVENDE3M ISSO REALMENTE CREEM NISSO:UM DEUS PREPOTENTE?

    ResponderExcluir
  12. Desculpe existem algum erros bíblicos aqui: DEUS mandou as pragas, não Moisés!
    Não foi o Faraó quem endureceu o coração: o texto diz várias vezes que "DEUS ENDURECEU o coração de Faraó": DEUS é soberano e justo. NADA foge ao seu controle, nem mesmo a ação de Satanás (como visto no 1o capítulo de Jó), não nos cabe querer saber os desígnios de Deus. Não dá pra eliminar texto sim ou texto não. A compreensão é fruto de pedir entendimento a DEUS.

    Deus tem o seus escolhidos e os outros, desde ANTES da fundação do mundo. A Bíblia não se contradiz. CREIO EU, que temos opções que estão muito acima de nossa sabedoria humana. Ele escolheu: "O Senhor fez todas as coisas para determinados fins, e até o PERVERSO para o dia da calamidade" Prov. 16:4. Cabe a nós questionarmos? Não. ACEITE sua Soberania e controle do universo.

    Argumentos muito simplórios, tipo esse:
    "O qual DESEJA que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade".. sim, Ele deseja, mas o homem é mau. Esse texto significa que todos serão salvos? NÃO!

    Entendo que temos livre-arbítrio para coisas nossas da vida aqui, apagar o Espírito, andar em intimidade com Deus ou não, optar por seguir Lula ou o Presidente... vc não é um robô. No entanto, tudo tem consequências. Só que pra Deus, ELE já sabe quem são aqueles que optam por andar distante dEle, por nossos próprios desejos, por nosso modo de pensar diante daquilo que nos alimentamos: Palavra ou somos magnetizados para ser mundo? Deus apenas alimentou o que o Faraó já tinha no seu coração: idolatria, orgulho, etc.. obras da carne. E havia um propósito nas pragas de Deus, não era só tirar o povo, mas justiça divina diante de um povo que era o maior da Terra e totalmente envolvido com o pior, fruto de relacionamento próximo com o diabo: Eles pagaram o preço, assim como Sodoma e Gomorra, assim como Acã, assim como a Terra antes do Dilúvio. E em números vemos os povos tb com a mesma vida de idolatria a outros deuses, passaram a temer (ter MEDO) da nação que estava indo na direção deles, porque nunca havia acontecido ou visto poder daquele DEUS, diferente dos (falsos) "deuses deles".
    É só ver por quem os dias foram abreviados na Tribulação (Mateus 24.22, mas Leia de 21 a 24)... por causa dos ELEITOS. Eleitos são, no MEU PONTO DE VISTA, aqueles que são CONVERTIDOS (Trigo) [e não CONVENCIDOS (joio)] do pecado e que necessitam mudar de vida porque somos todos PECADORES. O destino de todos é a morte... "não há um justo se quer..." (Sl 14:3 e 4). A Palavra tb diz para não ficarmos perdendo tempo com questões que geram discussões desnecessárias e conflitos no meio do povo de DEUS ("Sou de Paulo, sou de...").

    Enfim... quer ter uma visão sobre esse assunto? Leia Deuteronômio 29.29. O restante não importa. O que nos importa é fazer o que Deus quer de nós: OBEDIÊNCIA, seguir a Sua Lei, jejuar, orar, amar a Deus SOBRE TUDO, colocando-o em 1o lugar, andar em COMUNHÃO... claro que a consciência disso tudo vem apenas para os "ESCOLHIDOS".

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ed René e a "atualização da Bíblia"

Pr. Ricardo Gondim admite não acreditar no poder de Deus