Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 8, 2015

Os dons do Espírito Santo são para hoje? Uma resposta aos cessionistas

Nos últimos 100 anos houve no Brasil e no mundo inteiro uma efervescência especial em função da redescoberta dos dons do Espírito Santo. Textos como o de I Coríntios 12, empoeirados, tamanho era o desuso, e assuntos teológicos relacionados ao Espírito Santo e a milagres até então considerados obsoletos e esclerosados ─ verdadeiros apêndices da teologia, portanto desnecessários aos olhos dos teólogos ─ ganharam vida e poder de provocar a fé de milhões de pessoas na Igreja de Cristo em todo o mundo. Assim, teve início um dos mais importantes movimentos na história da fé cristã. Isso aconteceu quando as pessoas começaram a indagar: “Por quê? Por que estas coisas estão registradas nas Escrituras? Por que não se dá ênfase a elas? Por que não são usadas na prática evangelizadora da Igreja? Por que não são ensinadas? Por que não são ministradas ao povo de Deus?” E quando tudo isto começou a acontecer, surgiu o que hoje conhecemos no mundo inteiro como o Movimento Pentecostal, que n o Brasil

Augustus Nicodemus fala sobre cessacionismo e continuísmo - os dons espirituais cessaram ou não?

Recentemente acompanhei as postagens do Gutierres Siqueira (blog Teologia Pentecostal), fazendo uma replíca muito bem elaborada ao vídeo do Yago Martins (blog Voltemos ao Evangelho), com relação às línguas estranhas, onde o Yago tentava explicar que as mesmas à luz de pesquisas feitas por alguns pesquisadores na área da linguística a cerca de 40 anos atrás. Yago, que é membro da Igreja Batista, depois de uma passagem pela igreja Assembléia de Deus, hoje é um defensor da teologia reformada, chega inclusive a afirmar nos vídeos que já falou em línguas, mas hoje olha para a experiência como algo do tipo, "tempo da imaturidade", "erro". Yago e Felipe Cruz, além do blog, possuem um canal de vídeo no youtube com o nome "Dois dedos de teologia", que alías é muito visitado por pessoas de todas as idades, chamando a atenção a quantidade de jovens que comenta no mesmo. Eu admiro o trabalho que os jovens Gutierres, Yago, Felipe desenvolvem na internet, e fico feliz

O líder da próxima geração

"Dentro de todas as igrejas, negócios ou organizações sem fins lucrativos que precisam mudar, há um grupo de pessoas bem informadas, com uma consciência aguda das transformações que precisam acontecer. Elas voltam toda a noite para casa e atazanam seus cônjuges. Reúnem-se na sala do café e se queixam. Entretanto, dia após dia, vão trabalhar resignadas, acreditando que nada mudará. Estão convencidas de que a tentativa de se introduzir mudanças seria um custoso exercício de tempo, além de potencialmente arriscado. Então, permanecem caladas e ficam olhando para o relógio. Não lhes falta a percepção para descobrir o que precisa acontecer: tais pessoas simplesmente não têm coragem de fazer nada a respeito da situação.   O líder é alguém que tem coragem de dizer em público o que todos estão sussurrando em particular. Não é a percepção que distingue o líder da multidão. É a coragem para agir de acordo com o que ele enxerga, para falar em alto e bom som, enquanto todas as outras pess