Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 6, 2015

Subsídio para EBD - Melquisedeque abençoa Abraão

Imagem
  A fim de tentar simplificar ao máximo este texto e fazê-lo também sucinto, apenas descreverei o que creio sobre a Ordem de Melquisedeque, conforme mencionada nas Escrituras. Melquisedeque aparece do nada, sem antecedentes e sem explicações. Abraão encontra com ele e se verga diante dele, e lhe paga o dízimo de tudo quanto tinha consigo. Melquisedeque abençoa a Abraão. Então, assim como veio, ele vai, sem deixar vestígios. Mais tarde, séculos depois disto, Melquisedeque aparece nos Salmos, quando, também do nada, se diz que o Senhor jurou que Seu Enviado seria feito Sumo Sacerdote, segundo a Ordem de Melquisedeque. Somente isto e nada mais. Até a Carta aos Hebreus. É nela que Melquisedeque volta como nunca antes.  Agora ele é aquele que em Cristo tem seu Sumo Sacerdote. Jesus se torna Sumo Sacerdote de uma nova ordem sacerdotal, a qual não era étnica, pois não era judaica. Nem era levitica, posto que Jesus não era da tribo de Levi, mas de Judá; não tendo, portanto, qualqu

Líderes evangélicos e católicos tem posições diferentes sobre Impeachment

Imagem
  O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic), composto pelas igrejas de Confissão Luterana, Episcopal Anglicana do Brasil, Metodista e Católica, divulgou nota em que diz que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), se baseou em "argumentos frágeis" ao abrir o processo de impeachment da presidente Dilma Rousself. No documento, o Conic sustenta que o processo de impeachment não tem legitimidade e que o afastamento de Dilma "nos conduziria para situações caóticas".   A posição da entidade não é acompanhada por lideranças evangélicas ouvidas pelo jornal Estado de São Paulo, favoráveis a Cunha que é membro da Assembléia de Deus de Madureira.    O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, em sua página no Twitter, comemorou a abertura do processo de impeachment e criticou o ex-presidente Lula por defender sua sucessora e correligionária. "Lula reclamendo do encaminhamento do impeachment de Dilma, diz