Postagens

Mostrando postagens de Outubro 8, 2017

Católicos fazem campanha para que evangélicos voltem para "casa"

Imagem
A Reforma Protestante, iniciada por Martinho Lutero e que mudou a história da civilização ocidental, completará 500 anos dia 31 de outubro. Quando afixou suas 95 teses na Catedral de Wittenberg, Alemanha, a intenção do frade agostiniano era modificar a Igreja Católica, fazer uma reforma, não causar uma divisão. O papa não aceitou as cobranças e críticas, que mostravam à luz da Bíblia como a Igreja Católica havia se tornado algo muito diferente do que Jesus havia pretendido. O movimento religioso que deu origem aos evangélicos também se tornou político, influenciando reis e nações inteiras. Acabou resultando na excomunhão de Lutero e dos seus seguidores e, mais tarde, foi o estopim para guerras sangrentas entre países europeus. Cinco séculos depois, o papa Francisco e os líderes luteranos  assinaram documentos de reaproximação ,  pediram perdão mutuamente  e o  Vaticano vai inclusive “comemorar” o meio milênio da Reforma . Mas esse clima de união não existe na maioria dos

Frei Betto: Por que fizemos opção pelos pobres (e eles pelo neopentecostalismo)?

Há quem diga que a Igreja Ca­tó­lica optou pelos po­bres e os po­bres, pelas Igrejas evan­gé­licas. Isso tem certa dose de ver­dade se con­si­de­rarmos os ín­dices que de­mons­tram que, nos úl­timos anos, houve di­mi­nuição do nú­mero de ca­tó­licos no Brasil e au­mento de pro­tes­tantes (adeptos das Igrejas his­tó­ricas) e evan­gé­licos (adeptos das Igrejas pen­te­cos­tais e ne­o­pen­te­cos­tais). No censo de 2000, 73,6% da po­pu­lação era for­mada por ca­tó­licos, e apenas 15,4% de pro­tes­tantes e evan­gé­licos. No censo de 2010, os ca­tó­licos re­pre­sen­tavam 64,6% e os pro­tes­tantes e evan­gé­licos, 22,2%. Em dez anos, o nú­mero de pro­tes­tantes e evan­gé­licos no país au­mentou 61,45%. Hoje eles são 42,3 mi­lhões. Em 1970, eram 4,8 mi­lhões (5,2% da po­pu­lação). Es­tima-se que, a cada ano, são abertos, no Brasil, 14 mil novos tem­plos evan­gé­licos. Os evan­gé­licos se di­videm em Igrejas pro­tes­tantes tra­di­ci­o­nais ou his­tó­ricas (lu­te­rana, pres­bi­te­riana, b

Por que a mídia tenta retratar os evangélicos com esteriótipo diferente da maioria? - matéria da Revista Graça/Show da Fé com entrevista do Pr. Juber

A Revista Graça/Show da Fé me procurou há algum tempo me solicitando para fazer uma participação em uma matéria que eles estavam fazendo sobre o preconceito da mídia em geral em relação aos evangélicos. Aceitei participar e enviei minha resposta em relação ao tema. A revista  Graça/Show da Fé , uma publicação mensal de Graça Artes Gráficas e Editora Ltda., ligada a igreja Internacional da Graça cujo líder é o missionário R.R. Soares. Posteriormente o material foi usado em pesquisa pela Universidade Metodista de São Paulo. Para quem quiser ler a matéria, deixo aqui o link: https://portal.metodista.br/fateo/noticias/Midia_e_Igreja.pdf