Postagens

Mostrando postagens de 2019

Cinco nomes que mais se destacaram na música gospel em 2019. É quase impossível você não os conhecer ou ter ouvido ao menos uma única música interpretada por algum deles

Imagem
Cantores destaques em 2019 (Imagem da internet) Nos últimos anos o segmento evangélico tem revelado grandes nomes, que atualmente representam a nova geração da música gospel. É quase impossível você não os conhecer ou ter ouvido ao menos uma única música interpretada por algum deles. Confira a lista abaixo dos mais badalados de 2019: PRETO NO BRANCO Formado em Belo Horizonte em 2015, o grupo que se define como de  “black music, soul music e música cristã contemporânea”  hoje em dia é um duo formado por Clóvis Pinho e Jean Michel. Seu maior sucesso é a canção  ‘Ninguém explica Deus’,  em gravação ao vivo com Gabriela Rocha, com mais de 33 milhões de execuções no Spotify e um vídeo com mais de 400 milhões de visualizações no YouTube. Preto no Branco (Reprodução) GABRIELA ROCHA Paulistana, 25 anos, foi revelada no programa Raul Gil. Em 2018, estourou no YouTube com  ‘Lugar secreto’,   que já ultrapassa os 300 milhões de views e mais de 30 milhões de audições no Sp

Subsídio para EBD - O reinado de Davi

|| O pujante reinado Davi não foi circunstancial, aleatório ou por causa de habilidades natas para guerra. No próprio texto bíblico, é dito que suas vitórias e fortalecimento se originavam em Deus (2 Sm 8.6). Os 33 anos que ele reinou em Jerusalém e os sete anos e seis meses que reinou em Hebrom revelam um rei protótipo do Messias que viria. Por isso, Davi é considerado um tipo do Messias. Isso está confirmado pela profecia de Miqueias (5.2), mencionada pelos escribas nos dias de Herodes, pelo texto de 2 Samuel 5.2 e pela profecia de Gênesis 49.10 em relação a Jesus Cristo || .  [Lições Bíblicas CPAD, Revista Adultos, 4º Trimestre 2019. Lição 9, 1º Dezembro, 2019] - O texto de Atos 13.36 na versão atualizada traz a seguinte redação: " Porque, na verdade, tendo Davi servido à sua própria geração, conforme o desígnio de Deus, adormeceu, foi para junto de seus pais e viu corrupção ". Paulo faz uma importante afirmação sobre Davi quando diz que ele viveu para servir. O mode

Bolsonaro diz que indicará, em breve, ministro evangélico para o STF

Imagem
Falou na Assembleia de Deus Discursou para 8.000 pessoas Coletou assinaturas para nova sigla 1ª cadeira que será preenchida deverá ser a do atual ministro Celso de Mello, que irá se aposentar em novembro de 2020, ao completar 75 anos Sérgio Lima/Poder360 PODER360 27.nov.2019 (quarta-feira) - 7h50 O presidente Bolsonaro afirmou, nessa 3ª feira (26.nov.2019), que vai indicar em breve  1 ministro evangélico  para o STF (Supremo Tribunal Federal). Bolsonaro disse que, como ele, o indicado  “lutará pela manutenção da família” . As declarações foram feitas em discurso para cerca de 8.000 pessoas durante culto na Assembleia de Deus de Manaus (AM). O presidente disse que, apesar de não ser evangélico, é cristão.  “Eu tenho duas vagas para os Supremo Tribunal Federal. Uma será de 1 evangélico. Se somos laicos, eu sou cristão. No Supremo Tribunal Federal, não é porque é evangélico apenas, vai ter que ter conhecimento jurídico, obviamente. Mas vai ao lado desse indicado

Subsídio para EBD - Lição 6: A REBELDIA DE SAUL E A REJEIÇÃO DE DEUS

Imagem
Nesta lição trataremos sobre a rebeldia de Saul e de sua rejeição por parte de Deus. Figuradamente, Israel foi comparado a uma vaca rebelde que se rebelou contra Deus (Os 4.16). A Bíblia mostra que há castigo divino para quem trilha o caminho da rebeldia (Nm 17.10; 20.24; Rm 10.21; 1 Tm 1.9). É isso o que estudaremos aqui, tomando como exemplo Saul, o primeiro rei de Israel || . [Lições Bíblicas CPAD, Revista Adultos, 4º Trimestre 2019. Lição 6, 10 Novembro, 2019] - Sobre a rebeldia de Saul, veremos que ele “escolhia o que obedecer” das ordens de Deus emanadas através de Samuel. Depois de repetir o erro, Samuel reprova Saul e rompe totalmente com o rei (1Sm 15.35). “ Saul tinha tudo para ser um homem de sucesso e foi um fracasso. Começou bem e terminou mal. Suas decisões foram desastradas. Ele tropeçou nas suas próprias pernas. Foi derrotado não pelos inimigos nem pelas circunstâncias, mas por si mesmo. • A vida de Saul é uma trombeta a alertar-nos para o perigo de começar be