Por que a CPI da Covid citou Silas Malafaia?

 Nesta quarta-feira (12), o ex-secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, depôs na CPI da Covid.

O depoimento de Wajngarten foi marcado por muita discussão e até troca de insultos envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o relator da CPI, o senador Renan Calheiros (MDB-AL).


Fabio Wajngarten em depoimento na CPI (Reprodução)

O nome do pastor bolsonarista Silas Malafaia foi citado pelo ex-secretário logo no início da sua fala. Além do pastor, ele também citou o nome do missionário R.R. Soares.

Wajngarten disse que se aconselha com o pastor Silas Malafaia e com o missionário R.R Soares, e ressaltou que frequenta as reuniões do Templo de Salomão em São Paulo.

Ele também exaltou Bolsonaro, dizendo que participou de um governo temente a Deus, e que protege a família sempre em nome da pátria.

“Rezo todos os dias, além disso frequento as reuniões do Templo de Salomão em São Paulo, que me ensinou a ser forte e ser crente. Me aconselho com o pastor Malafaia e o missionário RR para buscar sempre os caminhos da fé. Participei de um governo temente a Deus, que protege a família, sempre em nome da pátria”, disse.

Fonte: https://www.fuxicogospel.com.br/2021/05/porque-a-cpi-da-covid-citou-silas-malafaia.html

Meu Comentário: Minha dúvida é se as mentiras que ele disse na CPI de forma tão descarada foram feitas sob influência desses conselhos ou foi por conta dele mesmo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus predestinou uns para salvação e outros não - É isso que a Bíblia diz?

Ed René e a "atualização da Bíblia"

Pr. Ricardo Gondim admite não acreditar no poder de Deus