Postagens

Mostrando postagens de Novembro 23, 2008

SALMOS - LEITURA TERAPÊUTICA

SALMO 116 Mesmo quando não tenho palavras na minha boca, Ele me ouve. Por causa disto, eu O amo. Seus ouvidos se apiedam de mim, por causa disto eu O louvo. Já vivi situações em que a impressão era que morreria, gritei o nome dEle, gritei sem que emitisse sons, mas, Ele me ouviu e visitou a minha alma. Sua justiça nunca excede sua misericórdia e sua compaixão para comigo. Ele tem um carinho especial pelos simples, pelos singelos de coração, quando estes esão prostrados, Ele os visita e os levanta. Por conta disto, digo à minha alma todos os dias, VOLTA Ó MINHA ALMA PARA O SEU SOSSEGO. pois Ele é generoso para contigo. Um dia me perguntei, QUE DAREI A ELE POR TUDO QUE É PARA MIM? Respondi: testemunharei dEle todos os dias em público, que todos saibam que Ele é meu Deus. Ele, mesmo sabendo que nos tem eternamente, sabe que somos apegados a este mundo, por isto, tarda em nos recolher, pois, sabe que é dolorido..perder queridos, Mas, um dia, nós todos, celebraremo

MISSA DO DESCARREGO

O diabo anda solto nos dias de hoje. Essa, pelo menos, é a sensação de uma legião de fiéis que cada vez mais busca nos templos religiosos a solução de seus problemas. Atenta a essas necessidades e, principalmente para atrair seguidores, a Igreja Católica está reeditando rituais de exorcismo, que hoje são chamados missa de cura e libertação. Nem mesmo a tradicional Igreja Romana, sempre cautelosa no assunto, ficou de fora. As celebrações, que já podem ser vistas em alguns santuários, chegam a reunir mais de 500 pessoas numa noite, como ocorreu na última terça-feira na Igreja Nossa Senhora das Graças, em Santo André, na Grande São Paulo. O pároco, Vanderlei Nunes, é o único padre exorcista reconhecido pela Arquidiocese de São Paulo. - Se não fizermos isso, os pastores evangélicos farão. Veja o êxodo de católicos para outras religiões nos últimos anos - alerta o padre Mário Teodoro Batista, pároco da Igreja de São Silvestre, em Jacareí, Vale do Paraíba. Padre Jader, que se autodenomina