Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 7, 2018

Pastores políticos. O que você acha?

Nas eleições de 2014 teve bispo evangélico se tornando coordenador da campanha da Dilma, enquanto cantores gospel, pastores de igreja e evangelistas itinerantes se lançam como candidatos a deputado federal, estadual e senador, governador e até presidente como foi o caso naquele ano com o Pr. Everaldo. O texto abaixo foi escrito em 08 de julho de 2004, mas nem por isso, deixa de ser tão atual no momento em que vivimos. Nele há sérias denúncias de coisas que já estavam acontecendo nos bastidores da política eclesiástica brasileira. Uma pessoa faz uma pergunta e o Pr. Caio Fábio responde em seu site. Leia o texto: Pergunta: Estamos nos aproximando de mais um ano de eleições, e como é de se esperar, vários Pastores se candidatam a cargos políticos. Na Igreja onde congrego, estão lançando um Pastor como candidato para um cargo político. O que o senhor acha de Pastores ocuparem cargos Políticos? O Pastor como sacerdote pode se submeter a concorrer cargos políticos? Porqu

As tragédias humanas e os profetas

Podemos algumas vezes ter lido erroneamente os profetas do Antigo Testamento, vendo-os como velhinhos chatos, dedo em riste. Porém para nossa surpresa, podemos descobrir que os escritos dos antigos profetas soam, na realidade, como a mais "moderna" dentre todas as partes da Bíblia. Tratam dos mesmíssimos temas que pairam como uma nuvem sobre nosso século: o silêncio de Deus, a aparente soberania do mal, o sofrimento constante do mundo. As indagações dos profetas são, na realidade, as indagações deste livro: a injustiça, o   silêncio, o escondimento de Deus. Mais passionalmente do que qualquer outra pessoa na história, os profetas de Israel deram vazão aos sentimentos de decepção com Deus. Por que nações pagas prosperam? indagaram. Por que há um número tão grande de calamidades provocadas pela natureza? Por que há tanta pobreza e depravação no mundo? Por que tão poucos milagres? Onde estás, Deus? Por que não nos falas como costumavas fazer? Revela-te; rompe teu silêncio.