Postagens

Mostrando postagens de Julho 5, 2020

Pr. João Agripino de França é o novo presidente da AD de Cuiabá e da COMADEMAT

Imagem
Pr João Agripino de França, 78 anos, assume a Presidência da COMADEMAT e da AD em Cuiabá, no lugar do saudoso Pr Sebastião Rodrigues que estava com 89 anos. E o nobre Pr Silas assume como primeiro vice-presidente da Convenção e presidente da AD em Várzea Grande, no lugar do seu saudoso irmão Pr Rubens Siro! Atualmente o Pr João Agripino de França Presidia a AD em Sorriso, e o Pr Silas Presidia em Tangará da Serra ! Quando o saudoso Pr Sebastião chegou no Mato Grosso, vindo do campo de Votuporanga-sp, o Pr João de França já era Pastor no Estado do Mato Grosso! A reunião da mesa terminou agora a pouco, e foi conduzida com Paz e Harmonia.

Morre Pr. Sebastião Rodrigues, líder da AD em Cuiabá e vice-presidente da CGADB

Imagem
Pastor da Assembleia de Deus havia perdido o filho há poucos dias para o coronavírus. Pastor Sebastião Rodrigues (Reprodução) Presidente da Assembleia de  Deus  de Cuiabá, no Mato Grosso, e vice-presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, o pastor Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, morreu nesta quarta-feira (8) vitima da covid-19. Ele também era líder da Convenção de Ministros das Assembleias de Deus de Mato Grosso (COMADEMAT). O pastor já havia perdido o filho para a doença, o também pastor Rubens Siro de Souza, de 68 anos, sepultado no dia 4 de julho. Rubens era vice-presidente da  igreja , pai de três filhos e avô. A morte do pastor Sebastião foi anunciada através das  redes sociais , sendo que a esposa, irmã Nilda de Paula Souza, de 85 anos, também foi internada por causa da doença, mas acabou se recuperando e recebendo alta. Em nota, a CGADB lembrou a história do pastor, destacando que ele foi presidente da instituição

Acerca da intolerância no meio evangélico

Nos últimos 5 anos, tenho visto com tristeza o crescimento de um radicalismo no meio evangélico que é preocupamente. Começou na política e agora entra no campo da doutrina. Não sei onde vamos parar se assim continuar. A intolerância cresce e o extremismo crescem. Extremismo é uma coisa muito perigosa. Você não pode ter uma opinião diferente, porque corre o risco de ser atacado da forma mais cruel possível. Ou seja, não se admite opinião divergente. Se você disser que apoio determinado político ou que não apoia outro, está perdido! Se disser que em determinada questão religiosa ou doutrinária, segue outra linha de pensamento, corre o risco de ver ressucitada a temível inquisição.  Que tempos! Quando olho nos 4 evangelhos para a forma como Jesus vivia a vida, tratava as pessoas, e quem eram os grupos que estão em voga nos seus dias penso que a gente tem que refletir seriamente se estamos andando com Jesus ou com os escribas, fariseus, saduceus e herodianos. Uma coisa int