Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 3, 2013

Silas Malafaia de frente com Gabi e Caio Fábio

Imagem
A entrevista do Pr. Silas Malafaia concedida para jornalista Marília Gabriela do SBT, está  dando o que falar nas redes sociais. A entrevista pode ser vista na íntegra no youtube, basta digitar: "Silas Malafaia De Frente com Gabi". Entre os que comentaram, está o Pr. Caio Fábio. Veja só o que ele disse: "1. Prosperidade : Ele (Silas) é um homem seletivo e malandro. Diz o que convém onde acha que pode. Todo argumento dele vem do Velho Testamento. Jesus não serve para justificar a "tese". Mateus 5 acaba com essa conversa. I Timóteo 5 e 6 também. Dizer que a "Bíblia" manda que os "pastores" sejam ricos... É blasfêmia contra o Evangelho. Leiam Jesus, gente. Só Jesus. 2. Dinheiro dele: O que ele diz que tem já é "fortuna" para quem diz que vive do e para o Evangelho. O Filho do homem não tinha onde reclinar a cabeça. Paulo diz aos Coríntios que trabalhava com as próprias mãos. Aos Tessalonicenses ele diz do

As tragédias humanas e a mensagem dos profestas - Parte 02

DEUS NÃO deixou sem resposta as queixas dos profetas. Pôs-se a falar, defendendo a maneira como dirigia o mundo. Desabafou. Explodiu. E eis o que disse: “Não estou calado; venho falando através de meus profetas”. Temos a tendência de classificar as revelações de Deus de acordo com a impressão que causam; as espetaculares aparições "ao vivo" colocamos lá no topo, milagres sobrenaturais logo abaixo, e as palavras dos profetas lá embaixo. A bola de fogo no Monte Carmelo, por exemplo, parece mais convincente do que um dos lamentosos sermões de Jeremias. Mas Deus não reconheceu tal classificação. Numa inversão irônica, ele apontou para os próprios profetas — aquelas mesmas pessoas que questionavam seu silêncio — como uma prova de seu interesse. Como uma nação pode se queixar do silêncio de Deus quando tem pessoas como Ezequiel, Jeremias, Daniel e Isaías? Deus não considerava "simples palavras" como uma prova inferior. Milagres, afinal, nunca tiveram um impact