Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 5, 2020

Lição 2 CPAD – A Criação de Eva, a Primeira Mulher

Imagem
Para ajudar com como subsídio para a lição 2 - A criação de Eva, a primeira mulher, posto um vídeo do Caio Fábio gravado há quase 20 anos atrás quando ele fala sobre a Síndrome de Eva. Depois do vídeo do Caio, um trecho do livro, que sou co-autor do IMP - Instituto Missão aos Povos, sobre O Homem, imagem e semelhança de Deus. O homem foi criado à imagem e semelhança de Deus, para amá-lo, obedecê-lo e seguí-lo. Vestígios desta verdade se encontram até mesmo na literatura gentílica. Paulo assinala, ante os atenienses curiosos, no Areópago, que alguns dos mais famosos poetas gregos, entre os quais Cleantes e Arato, disseram: “Porque dele (Deus) também somos sua geração” (At 17:28). Grandes vultos da Igreja Primitiva, comumente chamados de “Pais da Igreja”, tinham como ponto pacífico a crença quanto à imagem de Deus no homem, a qual consistia principalmente nas características racionais e morais do homem, e em sua capacidade de santificar-se. Alguns deles foram levados a crer e inclu

O CONFLITO EUA X IRÃ E O PÓ DA TERRA

Imagem
Hoje, janeiro de 2020, esperamos, tragicamente unidos, o desencadear de um processo político-espiritual. Digo isso, porque o conflito EUA x Irã x Iraque, não é somente um conflito de ordem geopolítica, mas também de natureza espiritual. A Serpente vive de se alimentar do pó da Terra, da produção do planeta e da cultura dos humanos (Gênesis 3:14). O homem foi formado do pó da Terra (Gênesis 2:7). Assim, não há ação humana que não implique numa tentativa satânica de apropriação dela. Os principados e as potestades se condicionam ao “pó da terra” que nós levantamos atrás de nós. E ao mesmo tempo, também nos condicionam de volta, retroalimentando indefinidamente o processo. Ou seja, nós oferecemos a matéria-prima e eles nos devolvem um produto acabado! Os Principados e Potestades se alimentam das produções da Terra, é fácil se verificar isso numa breve olhada na televisão no dia de hoje. Você verá, entre várias, uma manifestação clara desse fenômeno espiritual coletivo: T