Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 12, 2012

O perigo de querer barganhar com Deus - LIÇÃO 08 da EBD

O assunto desta lição diz respeito a algumas distorções promovidas por falsos mestres no que diz respeito ao buscar as bênçãos de Deus e o seu poder. A Teologia da Prosperidade está fundamentada na relação de causa e efeito, isto é, na possibilidade do ser humano barganhar com Deus. Na aula de hoje, destacaremos essa impossibilidade, tendo em vista a graça de Deus, que desconstrói essa relação de troca. No início, mostraremos que a Bíblia, como Palavra de Deus, condena a barganha com Deus, em seguida, que esse tipo de ensinamento é perigoso por desconsiderar o favor imerecido de Deus. O Jesus pregado pelos Teólogos da Prosperidade nada tem a ver com Aquele revelado nas Escrituras. Mais que isso, conforme revela Paulo aos coríntios, se trata de outro espírito e de outro evangelho (II Co. 11.1-4). A doutrina da barganha defendida por tais pregoeiros é perigosa porque põe em questão a manifestação escandalosa da graça de Deus através da cruz de Cristo (I Co. 2.14; 3.19). O relacionamento

Escândalo político com sexo, poder e corrupção, envolvendo pastor e filha, é denunciado pela revista Veja

Imagem
A edição desta semana da revista Veja publicou como matéria de capa a história de uma advogada evangélica que, através da influência do pai, que é pastor, aproximou pastores evangélicos de lideranças políticas em Brasília. Segundo a reportagem da revista, Christiane Araújo de Oliveira passou a trabalhar no governo do Distrito Federal a convite do delegado aposentado Durval Barbosa, que mais tarde ficou conhecido por fazer parte do esquema de propinas que levou o governador do DF, José Roberto Arruda, à cadeia. Christiane teria relatado em oito horas de gravações em áudio e vídeo que mantinha relações íntimas com políticos e pessoas de grande influência na República para obter favores e facilitações para a quadrilha chefiada por Durval Barbosa. Nas gravações, Christiane relata um relacionamento com o ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli, quando ele ocupava cargo de advogado-geral da União no governo Lula. Segundo a advogada evangélica, os encontros aconteci