Postagens

Mostrando postagens de Setembro 30, 2012

Subsídio para EBD - A atualidade dos Profetas Menores

Imagem
O tema do trimestre em Lições Bíblicas é “Os Doze Profetas Menores: Advertências e consolações para os dias de hoje”. O objetivo dessa temática é estudar as mensagens dos Dozes profetas, considerados menores, a fim de analisar os desdobramentos e implicações dos seus ministérios. É urgente que nossas igrejas conheçam e compreendam as mensagens milenares desses profetas. Os temas são palpitantes! Por exemplo, veremos como os profetas lidavam com questões políticas e sociais no exercício de seus ministérios; e como esse processo pode influenciar a igreja contemporânea. Para introduzir a lição para a classe é importante conceituar o termo profeta. Mostre-a que esse termo deriva do grego prophetes, “aquele que fala sobre aquilo que está porvir”; “um proclamador ou intérprete da revelação divina”. Ainda, refere-se àquele que age como porta-voz de um superior. Pode, também, ser utilizado como sinônimo de “vidente” ou “pessoa inspirada” (Os 9.7; 1 Sm 9.9). O termo hebrai

Quando a religião caminha na contramão de Deus - Parte 02

Por mais de quinze vezes, o evangelho de Marcos diz que Jesus ensinava. O conteúdo desse ensino nunca está desligado da pessoa que o comunica. Jesus era uma pessoa acolhedora (Mc 6:34). Queria bem ao povo. A bondade e o amor que transparessem nas suas palavras fazem parte do conteúdo. São o tempero. Conteúdo bom sem bondade é como leite derramado. Marcos define o conteúdo do ensino de Jesus como "Boa nova de Deus" (Mc 1:14). A Boa Nova vem de Deus e revela algo sobre Deus. Faz saber que Deus é Pai. Em tudo que Jesus diz e faz transparessem os traços do rosto de Deus. O conteúdo que Jesus tem para comunicar transparece não só nas palavras, mas também nos gestos e próprio jeito de ele se relacionar com o povo. Lendo assim o evangelho de Marcos, apesar de não ter muito discurso, tudo nele se transforma num grande "ensinamento novo, dado com autoridade" (Mc 1:22-27), que nos revela a presença do Reino no meio do povo, a saber: Perdão O perdão de Deus está

O dia em quem Hebe Camargo foi expulsa

Imagem
Hebe deixou o local escoltada por seguranças. Cansada de tanto conversar e lutar para fazer uma praça na única área institucional do Umuarama, a primeira moradora do bairro, Sueli Del Grossi, foi uma das responsáveis por expulsar do local a apresentadora Hebe Camargo. Isso aconteceu no final de 2000, quando a Prefeitura de Uberlândia doou a área para a construção da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) e Hebe, a madrinha da entidade, veio lançar a pedra fundamental. "Fizemos um panelaço e foi tanta gente que no fim das contas perdemos o controle e as pessoas acabaram usando a tenda montada para a Hebe, com almofadas brancas. Beberam champanhe e comeram os salgadinhos. As autoridades saíram de lá com a placa simbólica debaixo do braço e a Hebe foi tão vaiada que saiu escoltada", lembra Sueli Del Grossi. Sueli chegou ao bairro em 1971, vinda de Taquaritinga (SP) para montar o curso de geografia da Universidade Federal de Uberlândia. Logo em s