Postagens

Mostrando postagens de Julho 24, 2011

Promotoria acusa Testemunhas de Jeová de discriminação e o jejum da Universal

1° Notícia - Testemunhas de Jeová - O Ministério Público Federal no Ceará entrou com ação civil pública para impedir a igreja Testemunhas de Jeová de praticar suposta discriminação contra "ex-fiéis". A ação, protocolada na última semana, foi motivada por representação do servidor público Sebastião Oliveira, 53, que foi expulso da religião. Depois disso, ele diz que passou a ser rejeitado por outros fieis por orientação da igreja. O objetivo da prática, de acordo com a procuradora Nilce Rodrigues, é fazer com que o "ex-fiel" "caia em si e retorne a [religião de] Jeová". Oliveira diz que foi expulso após escrever artigos em jornais sobre suas crenças. A orientação da religião é que apenas representantes oficiais se manifestem publicamente sobre a doutrina, conforme a Procuradoria. Oliveira diz que perdeu seus amigos, pois a religião exige que um fiel só tenha relações com quem tem a mesma crença. Ainda segundo o ex-fiel, colegas de trabalho "viraram a

O massacre na Noruega, a morte de Amy Winehouse e a fome na África

Estou sem postar como gostaria, devido a correria que estou vivendo. No entanto, gostaria de comentar alguns acontecimentos no mundo como os do título acima. Acredito que as três tragédias demonstram na minha modesta opinião o seguinte: - O massacre na Noruega revelou que não existe lugar seguro no mundo. O país nórdico, possui um dos mais elevados indicadores de vida no mundo, sendo sua capital, Oslo, a cidade onde anualmente se entrega o Prêmio Nobel da Paz. Não tem como não lembrar da tragédia no Rio de Janeiro, esse ano quando um atirador entrou numa escola pública atirando. Há um movimento em curso de xenofobia na Europa, ele cresce à medida que a imigração também cresce nesses países. A lição que eu tiro também desse triste episódio na Noruega, é da necessidade de se tomar cuidado como certas posições são assumidas, pois vejo com preocupação no Brasil, o embate entre os militantes do movimento gay e os religiosos, principalmente os evangélicos. É claro que eu tenho minha opi