Postagens

Mostrando postagens de Julho 17, 2011

Globo ataca pastores em novela e depois manda baixar a bola de personagens gays

Foi ao ar na última segunda-feira, 18 de julho de 2011, uma cena polêmica na principal a novela da Rede Globo, ‘Insensato Coração’, exibido na horário com mais ibope da tv brasileira, 21 horas. Xicão Madureira, um dos personagens gays na trama, interpretado por Wendell Bendelack, ao conversar com a personagem Dona Sueli Campelo, interpretada por Louise Cardoso, afirma que seus pais o destratam devido a uma suposta influência de seus pastores. “A minha mãe só fala comigo para me dar sermão, o meu pai nunca passou do bom dia e cascudo. Os dois vão na conversa do pastor da igreja deles e me tratam como se eu fosse o fim do mundo”. Para muitos evangélicos, todo o contexto da cena faz parecer que a influência de pastores fez com que os familiares do personagem Xicão se afastassem e destratassem o próprio filho devido a sua opção sexual, parecendo que os líderes cristãos incitam a homofobia e a guerra familiar, assim sendo eles a causa das desavenças. A novela que possui ao menos quatro

Temas Polêmicos da Bíblia I - Quem eram os filhos de Deus de Gênesis 6?

O livro de Jó, é antigo como o de Gênesis, alguns estudiosos até mesmo atribuem a autoria a Moisés ( o que é contestado por outros), no entanto, independente da autoria, não vejo porque o termo “filhos de Deus” em Genêsis capítulo 6, ser interpretado como sendo seres diferentes da menção da mesma palavra em Jó capítulo 1, ou seja como sendo referência aos anjos. Segundo comentários da Bíblia de Jerusalém sobre o texto de Gênesis, até o século IV da era cristã, a interpretação era essa, só ganhando nova versão depois de Agostinho. Os que se mostram contrários a primeira interpretação, alegam que os filhos de Deus em Gênesis eram os filhos de Sete e as filhas dos homens, descendentes de Caim, e que seria impossível anjos se relacionarem com mulheres baseados em Mateus 22:28. Bom tanto a pergunta como a resposta de Jesus, se referem a como seria na “ressurreição”, ou seja num ambiente do espírito. Jesus diz então que o ambiente seria os dos anjos no céu (assexuado). No entanto, o fato oco