Postagens

Mostrando postagens de Setembro 6, 2020

Pr. Lucinho critica série Greenleaf: “É uma demonização dos homens e mulheres de Deus”

Imagem
  Pastor gravou um vídeo intitulado “O que achei da série Greenleaf”, onde critica a narrativa feita pela série focada em uma família evangélica. lus   erest Lucinho faz análise da série Greenleaf, exibida pela Netflix. (Foto: Reprodução / YouTube) O Pr.  Lucinho Barreto  fez um vídeo em que critica a série Greenleaf, que chega em sua quinta e última temporada na Netflix. Ele começa explicando que a história gira em torno de uma família, cujo patriarca, bispo James Greenleaf, é o líder da Igreja Calvary. Lucinho diz que “o resumo da trama é muito simples: todas as pessoas, todos os personagens, todos os filhos do pastor, todo mundo da igreja, os funcionários de alto cargo, o próprio pastor e a esposa, os genros cometeram adultério e todos também roubaram”. O líder do Ministério Loucos por Jesus diz que em nenhuma temporada aparece alguém que não pratique esses atos. Ele ressalva que a única “pessoa boa” na trama, uma das filhas do casal Greenleaf, foi a Faith, que morreu, por isso não

Cuidado com o baile de máscaras!

Imagem
  O apóstolo Paulo escrevendo aos coríntios disse: "Mas todos nós, com cara descoberta, refletindo como um espelho, a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor" II Cor 3:18. Soren Kierkegaard certa vez disse que, a vida é um baile de máscaras. Ele sabia que este, era o escudo atrás do qual as almas se escondiam de si mesmas, e, assim, tentavam ocultar suas faces também para a percepção dos demais. A maioria quer ser famosa, mas poucos querem ser conhecidos! Ora, usar máscaras, para muitos, não passa de truque, de um direito, de uma opção: ser ou não ser; mostrar ou não mostrar; como se tal bravata contra o próprio ser pudesse passar sem punição. Para muitos, esconder-se atrás das máscaras é apenas um questão de proteção ou de diversão inexaurível e viciante. Sim, acaba virando um vício do ser, a tal ponto que sem as máscaras muitos homens não suportam e morrem. Assim, para a maioria, sem o personagem, acaba a