Postagens

Mostrando postagens de Março 1, 2015

A revolta dos filhos de Ismael - o conflito do Oriente Médio visto do Gênesis

Imagem
  Abraão nunca imaginou o que estava gerando! Sara é que havia solicitado. Já que não lhe dava um filho, que pelo menos o marido não se sentisse frustrado! Um filho lhes faria bem! Naquele tempo filho só era filho se fosse gerado. Tratava-se de uma era primitivamente genética. Aliás, quando houve uma única era que não tenha sido genética? Sara era meio-irmã de Abraão. Um de seus progenitores os havia tido de cônjuges diferentes! Para os nossos padrões eles eram irmãos! Ou seja: para nós seria incesto! Sara sabia que de alguma forma um filho de Abraão também seria seu parente. Estaria tudo em casa. Uma escrava egípcia seria a “barriga de aluguel”. Mas Hagar não era um óvulo ou um ventre. Hagar era gente. Hagar amava, desejava, sonhava e gostava de ser escrava de Abraão! Quando Sara informou-a que daquele dia em diante ela dormiria com o patriarca até ficar grávida, a notícia não a constrangeu! Nem tampouco a Abraão! E Hagar, tornou-se concubina! Sara percebeu