Postagens

Mostrando postagens de Setembro 30, 2018

A igreja e o poder político

A igreja em nosso país tem a tendência de desenvolver uma relação ambígua com o poder político. O poder constituído não sabe existir como tal ao lado de qualquer outra entidade ou realidade que, crescendo, possa constituir para ele ameça.  Quando isso acontece, o Estado lutar contra ela, ou então a absorve. No nosso caso, aqui no Brasil, historicamente o poder constituído não tentou nos enfrentar. O que ele fez foi assimilar-nos, absorver-nos, e nós num certo sentido, permitimos que isso acontecesse.  Quando eles sentiram que tínhamos uma teologia que nos ensinara uma atitude de quieta subserviência a qualquer tipo de poder constituído, uma compreensão do mundo que nos fazia viver em guetos fechados e relativamente bem organizados, e que éramos em quantidade suficiente para fazermos diferença em pleitos políticos, e que ao manipular-nos, poderiam alterar as coisas; então, em lugar de nos rejeitarem, eles nos assimilaram. Hoje a grandeza numérica da igreja evangélica brasil