Postagens

Mostrando postagens de Abril 21, 2013

Angola proíbe operação de igrejas evangélicas brasileiras

O governo de Angola baniu a maioria das igrejas evangélicas brasileiras do país. Segundo o governo, elas praticam "propaganda enganosa" e "se aproveitam das fragilidades do povo angolano", além de não terem reconhecimento do Estado. "O que mais existe aqui em Angola são igrejas de origem brasileira, e isso é um problema, elas brincam com as fragilidades do povo angolano e fazem propaganda enganosa", disse à Folha Rui Falcão, secretário do birô político do MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola) e porta-voz do partido, que está no poder desde a independência de Angola, em 1975. Cerca de 15% da população angolana é evangélica, fatia que tem crescido, segundo o governo. Em 31 de dezembro do ano passado, morreram 16 pessoas por asfixia e esmagamento durante um culto da Igreja Universal do Reino de Deus em Luanda. O culto reuniu 150 mil pessoas, muito acima da lotação permitida no estádio da Cidadela. O mote do culto era "O Dia do Fim&

Subsídio para EBD - A Família Sob Ataque

Estamos diante de uma batalha espiritual, a nossa luta não é contra sangue e carne, e sim contra os principados e potestades da região celeste (Ef. 6.12). A família também está na mira do inimigo e das suas hostes. A lição de hoje trata justamente a respeito dos ataques externos e internos que a família cristã recebe nos dias atuais. Ao final, mostraremos, com base na orientação paulina de Ef. 6.10-18, a necessidade de nos revestir de toda armadura de Deus para vencer essa batalha.   1. ATAQUES EXTERNOS CONTRA A FAMÍLIA A família cristã é alvo de ataques de natureza externa, isto é, de forças que veem de fora, e que tentam desconstruí-la. Uma das principais ameaças à família é o secularismo que predomina na sociedade contemporânea. Secularismo é uma forma de pensar que se opõe a Deus, e que pode ser mais bem definido como mundanismo (I Jo. 2.15). O secularismo é uma doutrina humanista, que partem de sofismas que enganam as pessoas e as distancia de Deus (Cl. 2.8). Esses sofismas

Escuta telefônica liga Marco Feliciano a fraudes. Deputado nega.

Escuta envolve Feliciano em esquema de fraude; deputado nega e outros vídeos - TV UOL Publicado por SBT Brasil [via UOL ] De acordo com a denúncia, deputados federais recebiam propina de empreiteiras para conseguir dinheiro para obras. Os lobistas procuravam os políticos sempre em nome de uma construtora, do Grupo Scamatti. A verba era liberada para obras de prefeituras do Estado de São Paulo por meio de emendas parlamentares. O esquema envolveria 78 prefeituras paulistas. Um relatório do Ministério Público de São Paulo aponta a participação de deputados, senadores e ministros nas fraudes. Além disso, a investigação aponta o empresário Olívio Scamatti como chefe da quadrilha. Ele e outras 13 pessoas estão presas. Escutas telefônicas de conversas ocorridas em 2010 citam os nomes de Otoniel Lima, hoje deputado federal pelo PRB, e Marco Feliciano, deputado federal pelo PSC, em suposto esquema de fraudes. Feliciano nega envolvimento. Otoniel Lima não foi encontrado pel