Postagens

Mostrando postagens de Novembro 15, 2015

Não olhe para trás, vença o passado (parte 02) - Pr. Juber Donizete

Imagem

Não olhe para trás, vença o passado (Parte 01) - Pr. Juber Donizete

Imagem

“Devemos amar os muçulmanos”, lembra Irmão André da Missão Portas Abertas

Imagem
Durante décadas, o missionário conhecido como Irmão André dedicou sua vida a levar o Evangelho até alguns dos lugares mais ‘escuros’ do planeta. Conhecido como o ‘contrabandista de Deus’, em 1955, ele começou a transportar Bíblias para os países comunistas e apoiar a Igreja nos lugares onde ela era proibida. Surgia a Missão Portas Abertas, uma das mais conhecidas do mundo quando se fala sobre cristãos perseguidos. No início da década de 1970, ele percebeu que o comunismo estava morrendo e um novo mal estava tomando seu lugar no quesito perseguição: o Islã. Desde então o Portas Abertas ampliou seu raio de atuação e hoje o ministério apoia a Igreja sofredora em mais de 60 nações. Anualmente, a missão publica uma lista com um ‘ranking’, mostrando onde a perseguição aumentou ou arrefeceu. Também faz continuamente campanhas de oração e distribuição de material de conscientização, além de ajudar centenas de cristãos que passam por esse tipo de problema no mundo todo. O irm

Estado Islâmico - Afinal quem são eles?

Imagem
Também conhecido como Isis, sigla em inglês para Estado Islâmico do Iraque e da Síria, o Estado Islâmico (EI) é um grupo muçulmano extremista fundado em outubro de 2004 a partir do braço da Al Qaeda no Iraque. É formado por sunitas, o maior ramo do islamismo. Entre os países muçulmanos, os sunitas são minoria apenas entre as populações do Iraque e do Irã, compostas majoritariamente por xiitas. Em janeiro de 2014, o Estado Islâmico declarou que o território sob seu controle passaria a ser um califado, a forma islâmica de governo. Os sunitas radicais do EI consideram que os xiitas são infiéis e devem ser mortos. Aos cristãos, os extremistas dão três opções: a conversão, o pagamento de uma taxa religiosa ou a pena de morte. No Iraque, o EI tenta se aproveitar da situação conflituosa entre curdos, árabes sunitas, cristãos e xiitas, que atualmente governam o país, para ampliar sua área de controle. Lá, tem a simpatia dos iraquianos sunitas, que estiveram no poder durante as décadas de

Lição 7 - A Família que sobreviveu ao dilúvio - Comentário Pr. Juber

Imagem